Telemedicina tem sido apontada como o futuro, veja como ela funciona, quem pode fazer e mais.

Nosso mundo anda sofrendo muitas transformações atualmente, devido ao uso cada vez mais massivo da tecnologia. No artigo de hoje por exemplo, vamos falar sobre a telemedicina, que pode ser uma revolução na prestação de serviços de saúde para a população. Acompanhe nosso artigo e entenda o que é telemedicina e como ela funciona.

Telemedicina – do que se trata?

telemedicina beneficios

indo direto ao assunto, a telemedicina é um recurso tecnológico e de telecomunicação que possibilita aos médicos trocarem informações à distância. Isso faz com que os serviços médicos possam ser levados a qualquer lugar, ultrapassando as barreiras de clínicas e consultórios e ampliando o acesso ao atendimento.

Esse modelo de atendimento é aplicado para transferir exames e seus laudos de forma digital, e também pode ser utilizada para obter os resultados destes exames em clínicas que não contam com especialistas em alguma determinada área médica, por exemplo. Com a ferramenta, os médicos passaram a ter acesso aos dados de pacientes de qualquer lugar do país, podendo tomar decisões e assumir condutas de maneira mais rápida e precisa.

Vale destacar que, em geral, esse gerenciamento de informações médicas a distância se dá através de computadores com acesso à Internet, embora também seja realizado por meio de tablets, smartphones, telefone e até robôs. Com o desenvolvimento contínuo da tecnologia, a expectativa é que a variedade de canais aumente ainda mais.

Benefícios da telemedicina

Os benefícios gerados pela área são infindáveis, porém, levantamos alguns dos principais:

  • Aproximação do médico com o paciente, garantindo acolhimento à saúde onde e quando for necessário;
  • Atendimento a distância às comunidades que precisam, mas não tem acesso ao médico;
  • Acessibilidade a uma grande parte da população;
  • Maior agilidade nos atendimentos, devido à sistematização do processo por meio de softwares de saúde online;
  • Segurança estrutural e sigilo de dados, conforme normas internacionais;
  • Ampliação da agenda clínica dos especialistas;
  • Envio de exames para laudo 24 horas por dia com resposta ágil e atendimento nacional;
  • Maior especialização no diagnóstico de laudos;
  • Redução do tempo de atendimento e dos custos operacionais.

Benefícios para o médico

Do ponto de vista do médico, será possível ter acesso a especialistas para discutir casos, dar suporte e diagnosticar de forma mais precisa.

Por isso, a tendência é que a Telemedicina seja mais usada por médicos especialistas, cuja demanda é maior.

“Você poder fazer um diagnóstico tendo o suporte de um especialista, isso dá bastante segurança e confiança.”

Outra possibilidade é fazer parte de um sistema de Telemedicina e poder preencher horários da agenda com atendimento a distância.

“Se você tem capacidade de atender 20 pacientes por dia no seu consultório, faltaram cinco, então você tem condições de preencher esses horários com pessoas que estarão a distância. Para o médico, isso é útil.”

Benefícios para o paciente

Se a clínica da cidade não tem especialistas para laudar, mas ela contrata uma empresa de telemedicina, pode começar a oferecer novos métodos de diagnóstico, beneficiando a toda a comunidade.

Urgências – Se a situação é de urgência, como o próprio nome já indica, não há tempo a perder.Ao invés de esperar o profissional especializado chegar ao local de atendimento, ele pode monitorar de longe e já dizer o que a equipe deve fazer.

Elimina distâncias – Muitos daqueles que moram em cidades pequenas ou regiões afastadas dos grandes centros precisam se deslocar por longas distâncias para realizar determinados exames.

Conclusão

Bem pessoal, esperamos que tenham curtido as dicas e que consigam com sucesso se interar sobre a telemedicina.

Sugestões e dicas de novos artigos podem deixar nos comentários.

O que é a telemedicina? Como irá funcionar?